sábado, 24 de maio de 2008

Cabo das Agulhas

O Cabo das Agulhas situa-se no extremo Sul do Continente Africano,é considerado em fins hidrográficos como a divisória dos Oceanos Atlântico e Indico.
Navegávamos já na costa oriental de África,quando um familiar do Adamastor nos enviou um tremendo temporal,para estarmos em segurança no exterior do navio,tínhamos de nos juntar na ponte baixa,junto da casa do leme,como o navio adornava constantemente,não podíamos circular pelo convés e nem permanecer na tolda, a ré,porque uma vaga maior poderia varrer o navio e levar-nos com ela.
As fotos abaixo postadas,não sendo do nosso navio, podem exemplificar,o que era o adornamento do navio com vaga pelo través,bem como a vaga de proa.
A vaga de proa não nos incomodava muito,mas a vaga pelo través,trazia-nos inconvenientes para circular pelo navio,para dormir,e até para comer,para comer era necessário equilibrar o prato e o corpo,de forma a não entornar a comida,os que enjoavam com o mau tempo,só bebiam água e pouca,alimentavam-se quando chegassem a um porto,ou então com o mar chão.
Comentava-se,em Moçambique,que o incêndio na cozinha do NRP JOÃO BELO F480
(nosso companheiro de comissão) tinha tido origem no adornamento do navio por uma vaga repentina,que entornou o óleo de uma frigideira sobre o fogão.

Sem comentários: