quinta-feira, 22 de maio de 2008

Monumento a Vasco da Gama em St.Helena Bay

O monumento a ser inaugurado estava coberto pelas bandeiras de Portugal e da África do Sul,
mas dava para perceber que eram duas colunas de pedra em cima de uma grande pedra, quase enterrada no areal.
Formamos então á esquerda do dito monumento,e os Sul Africanos á direita do mesmo.
As formaturas eram comandadas por um oficial sul africano,que prolongaria a ordem de manejo de armas, de forma a que os nossos oficiais nos retransmitissem a respectiva ordem.
O ensaio decorreu de forma excepcional,parecia que tínhamos treinado durante semanas.
Os nossos oficiais se a memória não me falha eram então os 2.º Tenentes,Santos Roque (Falecido) e Silva e Pinho (Hoje Almirante)
Chegaram então as individualidades e o calor também,em representação do governo português o Ministro Dr. Rui Patrício (que nos ignorou,nem cumprimentou os oficiais portugueses)
Discurso atrás de discurso,e o calor a apertar,por fim o apresentar de armas, as bandeiras retiradas,conforme pensávamos duas pedras em cima de um calhau.
Finda a cerimónia do navio enviaram os gasolinas para nos recolherem,mas não havia ponto de embarque,os gasolinas ficaram a uns metros da costa,nós imitamos os marinheiros de Vasco da Gama,sapatos e arma na mão,calça arregaçada,butes na água gelada da baía para embarcar nos gasolinas.
Chegados a bordo,o navio levantou ferro,rumou a Lourenço Marques, em 14 de Novembro de 1969,entraremos pela primeira vez na Baía de Espírito Santo,ou Baía de Lourenço Marques.

Sem comentários: