terça-feira, 3 de junho de 2008

Rumando ao Porto da Beira

Em Moçambique todas as cidades eram já ali,por vezes era esquecida a distância entre as mesmas.
A Beira por terra fica distânciada de Lourenço Marques mais de 1000 kilometros,o que traduzido para milhas marítimas ,seriam talvez cerca de 650 milhas,não sou entendido nesta matéria,portanto podem e devem corrigir-me sobre estas distâncias.
Se estivesse bom tempo e a navegar-mos a 10 milhas hora,levaríamos, não estou certo do tempo real,cerca de três dias a atingir o porto da Beira.
Na primeira viagem que efectuávamos para a Beira,apanhamos o Oceano revolto,mas era o normal do Canal de Moçambique.
Perto do termino da viagem,avistamos no horizonte um navio de guerra,o oficial de quarto alterou o rumo,e dirigimos-nos para o navio de guerra,avistamos então os gajos,era um navio inglês.
Nada de cumprimentos àquela gente,de tão perto que passamos,se caso tivéssemos pedras a bordo,acertávamos na carola dos gajos.
Sem os oficiais por perto nós na tolda cumprimentamo-os, de dedo no ar e restante mão fechada,um cumprimento português,lógico que fomos retribuídos,mas o nosso cumprimento durou até os perder-mos de vista,mas no futuro iríamos repetir-lhes aquele cumprimento vezes sem conta.

Sem comentários: