terça-feira, 22 de julho de 2008

1969 - NRP ÁLVARES CABRAL F336 - Comissão em Angola e Visita á África do Sul

Excerto do livro "Setenta e Cinco Anos no Mar"- 1910 - 1985, do CMG - José Agostinho de Sousa Mendes - 6.º volume - Comissão Cultural da Marinha.

28 de Abril - Largou da Base Naval de Lisboa,com destino a Angola,tendo feito escala em Porto Grande - S.Vicente - Cabo Verde,onde permaneceu em 4 e 5 de Maio.

14 de Maio - Chegou a Angola,dando inicio á comissão na província de Angola

18 de Maio a 2 de Novembro - Largou para o mar 60 vezes,tendo entrado no Lobito,Benguela,Baía dos Elefantes,Novo Redondo,Porto Amboim,Luanda,Moçâmedes,Baía dos Tigres,Porto Alexandre,Cabinda,Santo António do Zaire,Baía de Santa Marta,entrou em alguns destes portos várias vezes.

8 a 14 de Julho - na companhia do Patrulha NRP S.TOMÉ,visitou a cidade de Ana de Chaves,na Ilha de S.Tomé.

Teve por missão enquanto permaneceu em Angola

Patrulhas ao sul da província -transporte de Fuzileiros,de Luanda para o Lobito,transporte de Fuzileiros para Luanda,apoio ao NRP DRAGÃO,em trânsito par Cabo Verde,transporte do Comandante Naval de Angola,em visita a S.Tomé e Cabinda.

Patrulhas ao norte da província - Transporte de militares da R.M.A,de Luanda/Cabinda/Luanda,e Luanda/Santo António do Zaire/Luanda.
Lançamento ao mar de munições incapazes.
Escoltas de entrada e saída do T/T Vera Cruz.
Reboque e afundamento do navio em cimento "Esmeralda"
Prestação de honras militares,a uma força naval Sul Africana.
Participação na cerimónia de inauguração de um padrão comemorativo em St. Helena Bay.
Houve passeios a Massangano,Cambabe,e encontros desportivos entre militares das duas nacionalidades.

2 de Novembro - Larga de Moçâmedes,para a África do Sul,tendo estado em St.Helena Bay,entre 7 e 9 de Novembro,e em Simonstown entre 9 e 10 de Novembro

10 de Novembro,foi atribuída ao Comando Marítimo de Moçambique.



Notas do Moleiro

Quanto ás 60 saídas para o mar,considero-as excessivas, de Maio ao final de Outubro serão 170 dias,que divididas por 60 saídas daria uma média de 2,8 dias por missão,no caso de transporte de ida e volta com militares seriam três dias,depois temos as patrulhas a norte e a sul,patrulhas ao porto de Luanda,a viagem a S.Tomé,os dias de descanso em Luanda e noutros portos,portanto eu, considero, que o numero de vezes saído para o mar é inferior ao descrito

26 de Setembro - Alarme de fogo no paiol de munições de ré.

Não tenho dúvidas que largamos em 2 de Novembro de Luanda,com passagem por Moçâmedes.

Passeios na África do Sul,não recordo nenhum,encontros de futebol sim.

Chegamos a Simonstown,onde permanecemos alguns dias,de seguida o navio largou para Saldanha Bay,onde se manteve apenas um dia,para desembarcar a Unidade de Desembarque,que dormiu nas instalações navais da Marinha Sul Africana,e de onde fomos transportados em autocarro para St. Helena Bay.

O navio também largou nesse dia de Saldanha Bay,fundeou durante a noite,em St. Helena Bay, após a inauguração do monumento,recolheu a Unidade de Desembarque,e iniciou imediatamente a navegação com rumo a Lourenço Marques.

Sem comentários: