terça-feira, 29 de julho de 2008

De Volta a Lourenço Marques

Tudo têm um começo e um fim,e acabou a boa vida em Durban.
De novo voltamos ao Oceano,como deixamos a ferrugem em Durban,e as munições em Lourenço Marques,portanto com o navio mais leve,o velho Oceano presenteou-nos com mau tempo,o navio parecia uma bailarina,dançava de bordo para bordo,o que ocasionava a que dormíssemos mal.
Chegados a Lourenço Marques, voltamos á faina para colocar nos paióis, as munições que tínhamos deixado em terra.
Como já tinha comentado antes,trabalho árduo e cansativo,mas que era mesmo necessário fazer.
Depois lá voltámos para as belas noites de Lourenço Marques.
Por Lourenço Marques iríamos ficar uns dias,que foram de alegre diversão.
Mas uns dias depois tudo esmoreceu,aconteceu um trágico acidente a bordo,que ficou para sempre nas nossas memórias.

Sem comentários: