segunda-feira, 28 de julho de 2008

Os dias em Durban

Após a entrada na doca flutuante,passamos a ficar bem longe do centro da cidade.
Foi então colocado no quadro de informação á guarnição,a indicação dos autocarros que serviam a zona,e que nos poderiam levar e trazer do centro da cidade.
Durban,foi uma cidade maravilhosa,na primeira ida á África do Sul,todos ficámos em branco,em Durban foi diferente,tivemos quase um Arco-Íris,até nos dávamos ao luxo de escolher.
Uma organização de apoio aos militares portugueses (formada por ex militares Sul Africanos,Mercenários,e gente duvidosa com ideologias,que na época eram autorizadas) pretendia fazer uma festa de recolha de fundos,para a compra de material militar,para oferecer ás forças armadas portuguesas,pediu a nossa colaboração.
Pelo comando,ou pelas chefias directas,foi escolhido o pessoal para a dita colaboração.
Adivinhem quem mandaram.
Lógico que mandaram o trio barreirense,e mais dois bem comportadinhos,para enfeitar o ramalhete.
Ficámos apreensivos com a escolha,mas acabámos por reconhecer que foi uma óptima escolha,afinal o comando e os nossos chefes tinham consideração por nós.
Fomos dispensados de todos os serviços,pela manhã a comissão recolhiam-nos,íamos ajudar a montar os postes para os cabos eléctricos,pela hora de almoço vínhamos a bordo tomar banho e fardar,e levavam-nos a almoçar a bons restaurantes,e depois um pequeno passeio,o restante da tarde ficava livre.
Pela hora de jantar,éramos novamente recolhidos,desta vez por um casal,ele português,ela sul africana,que faziam parte da comissão e íamos jantar ao clube alemão.
Nada mal para que pensava que estava a ser castigado.
Após o jantar,novamente livres até ao dia seguinte,seguíamos então para os clubes nocturnos da cidade,e essas visitas deram fruto,nos carros delas,atrás dos clubes,e alguns mais afortunados, até tiveram direito a dormir,ou quase dormir em cama alheia,e alguns serem novamente visitados já em Moçambique com direito a dormir em Hotel.
Em Durban,sentimo-nos recompensados pelos longos meses que já levávamos de comissão.

Sem comentários: