quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

1970 Cidade de Durban na África do Sul ( 3 )


Na Doca Flutuante em Durban,Moleiro,no intervalo do serviço de guarda,comendo uma sande sentado na Calha de Bombas anti-submarino, a Calha está vazia, por as Bombas e as Munições de Artilharia terem ficado em Lourenço Marques.
Os operários que se vêm na foto,eram prisioneiros negros que chegavam pela manhã num camião celular.
Junto á prancha de acesso Doca Flutuante/Cais, colocava-se um Guarda branco,armado de carabina, e só autorizava o acesso dos prisioneiros ao cais para se servirem dos lavabos,ou para irem recolher o almoço (Sandes Fruta e água) que comiam a bordo ou na Doca Flutuante.
Ao final do dia de trabalho, em fila indiana embarcavam no camião celular,para voltarem á prisão.
No dia seguinte pela manhã, ritual idêntico,e voltavam ao trabalho na Doca Flutuante.

Sem comentários: